segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Glórias! Estou enfrentando uma tribulação!

 28 de fevereiro 2021

Salmo 22.23-31; Gênesis 17.1-7,15-16; Romanos 5.1-11; Marcos 8.27-38

Texto: Rm 5.1-11

Tema: Glórias! Estou enfrentando uma tribulação!

 

Deus teve e têm um Filho sem pecado, mas nunca teve filho que não fosse tentado! (Spurgeon) e provado.

Mas será que as provações devem nos entristecer?

O apostolo Paulo escreveu na carta aos Romanos: “... também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança” (Rm 5.3-4).

Na carta de Paulo aos Romanos capítulo 5.1-5, de maneira muito especial o apostolo trata dos benefícios da justificação pela fé; e os versos 6 a 11, enumera a segurança dos benefícios da justificação.

Em paz com Deus pela justiça de Cristo, a qual Deus nos concede gratuitamente pela fé, vive-se na certeza de que Deus dá tudo para nosso bem nessa vida. Na e pela fé esperamos e superamos tudo.

A paz de Deus em Jesus ocupa todo nosso presente.

Ao saber que Deus em Jesus realizou a maravilhosa obra da salvação e que pela fé me oferece gratuitamente a mesma, sei que o meu futuro é garantido. A graça de Deus é ativa. Pela graça, Deus concede aos seus os mais variados tempos, inclusive a tribulação, pois como escreveu o apostolo Tiago: “Tudo de bom que recebemos e tudo o que é perfeito vêm do céu, vêm de Deus, o Criador das luzes do céu...” (Tg 1.17). E isso inclui as provações, os testes diários da parte de Deus. As provações são da parte de Deus para ver onde está o coração dos seus filhos com os quais têm uma aliança.

Pelo fato de até mesmo as tribulações serem permitidas por Deus, o apostolo Paulo convida os justificados a “gloriar-se nas próprias tribulações”.

Diante das tribulações, muitas são as interrogações sobre a paz de Deus. E, gloriar-se nas tribulações é um conselho difícil de aceitar.

Podemos observar a experiência de milhares de pessoas que tomaram a sério a Palavra de Deus que entregou seu Filho pelos pecadores e que governa toda a história. Deus que enviou seu Filho e governa a história do mundo através dos mais variados tempos, tem domínio completo das nossas tribulações (Rm 8.28).

As tribulações nos disciplinam e nos temperam.

As tribulações produzem “perseverança”. Vive-se o presente na certeza de que a paz com Deus nos garante um futuro. Viver o presente em função do futuro, passo a passo, imprime uma marca em nós, a “experiência”. E a “experiência” nos dá “esperança”.

No tempo de tribulação, lembre-se: no momento do nosso maior desespero, no auge da nossa rebelião contra Deus, quando tudo era vergonha e pecado, um segundo Adão veio para combater e nos resgatar. “Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5.8). Amém!

ERT

Edson Ronaldo TREssmann

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seguir esse blog. Com certeza será uma bênção em sua vida.

Dormindo tranquilo enquanto tudo parece desmoronar!

  18 de abril de 2021 Salmo 4; Atos 3.11-21; 1João 3.1-7; Lucas 24.36-49 Texto: Salmo 4 Tema: Dormindo tranquilo enquanto tudo parece...